Polícia


Violência: sete corpos deram entrada no IML nas últimas 24 horas

Nenhum suspeito foi preso.

Pelo menos sete corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML) Estácio de Lima no plantão das últimas 24horas vítimas de violência. Dois dos cadáveres foram encontrados no Benedito Bentes, sendo um deles de uma mulher. Um terceiro corpo foi achado no Centro de Rio Largo. Mais três casos de homicídio foram registrados nos bairros de Bebedouro, Jacintinho e no Centro da Barra de São Miguel.

O primeiro caso foi o de uma mulher identificada como Luciete Maria da Silva, de 39 anos, encontrada morta nas primeira horas da manhã de terça-feira, dia 20, nas proximidades da Avenida Cachoeira do Mirim, no Benedito Bentes. Dados da polícia apontam que Luciete era moradora da região. Seu corpo foi encontrado em avançado estado de putrefação e com uma fratura no crânio. O caso foi relatado ainda na manhã de ontem pelo Alagoas24Horas e o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

Horas mais tarde, um segundo corpo foi encontrado também no Complexo do Benedito Bentes e já relatado pelo Alagos24Horas. Trata-se de um homem, ainda sem identificação, encontrado no Conjunto Paulo Bandeira. O homem trajava camisa e bermuda e, segundo a polícia, era moreno e alto. Ainda de acordo com a PM, a vítima apresentava manchas de queimaduras no rosto e nos órgãos genitais. A Delegacia de Homicídios também assumirá o caso.

Por fim, um terceiro corpo foi localizado próximo a Ponte Maitá, Centro de Rio Largo. O cadáver, ainda sem identificação, tinha uma perfuração à bala na perna e outra na cabeça. O homem trajava camisa azul, bermuda creme, tinha estatura mediana e pele branca. O corpo estava em avançado estado de decomposição. O crime será investigado por agentes do 12° Distrito Policial. O corpo foi achado no início da tarde de ontem.

Nos três casos, peritos do Instituto de Criminalística (IC) e funcionários do Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para procedimentos cabíveis. A polícia ainda não tem informações que levem a autoria material dos crimes.

Mais quatro casos de homicídios foram registrados pela polícia. Entre eles, um homem identificado apenas como Carlinhos, de aproximadamente 25 anos, foi assassinado a tiros no começo da tarde desta terça-feira, 20, na Rua Capitão Leite, próximo ao Parque Municipal, no bairro de Bebedouro. Caso também já relatado pelo Alagoas24Horas.

O segundo caso ocorreu na Barra de São Miguel. Um menor de 17 anos foi assassinado com golpes de faca na região da cabeça e nos braços. O menor foi socorrido por uma ambulância e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
Populares dão conta de que o algoz fugiu do local a pé logo após cometer o delito. O adolescente foi golpeado nas proximidades do Loteamento Sonho Azul, em frente ao Mercado Público da cidade.

Horas mais tarde no Jacintinho, um adolescente acusado de tráfico foi morto a tiros na Grota do Cigano. O menor, Natanael Artur dos Santos, de 16 anos, teria recebido uma ligação e ao sair de casa foi alvejado quando se aproximava da Rua Belo Monte com tiros na cabeça e no tórax. A polícia acredita que a execução tenha relação com o tráfico. Policiais que estavam no local informaram que o menor era foragido da Unidade de Internação de Menores (UIM) e no momento em que foi morto estava com dez pedras de crack na mão.

Por fim, o sétimo assassinato foi o do ex-cabo da PM, Laudenir Ferreira de Mendonça, executado a tiros na Chã da Jaqueira. Caso já relatado pelo Alagoas24Horas.

A polícia não identificou suspeitos de nenhum dos sete casos mencionados.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>