Maceió


OAB/AL repudia ameaças feitas a jornalistas

Assessoria OAB/ALOmar recebeu Sindjornal na OAB

Omar recebeu Sindjornal na OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL) se unirá ao Sindicato dos Jornalistas do Estado de Alagoas (Sindjornal) na luta contra ameaças e intimidações feitas a jornalistas nos últimos dias. Ao receber a presidente do Sindjornal, Valdice Gomes, na tarde desta terça-feira (06/09), o presidente da OAB/AL, Omar Coêlho de Mello, repudiou as ameaças e garantiu apoio para cobrar a apuração das responsabilidades por parte das autoridades.

Na reunião, Valdice Gomes relatou que o Sindicato teve conhecimento de ameaças e intimidações feitas aos jornalistas Niviane Rodrigues, da Gazeta de Alagoas, e Ricardo Mota e Thiago Correia, do Sistema Pajuçara de Comunicação.

“Estamos preocupadíssimos com os últimos acontecimentos e por isso resolvemos procurar as entidades como a OAB, Ministério Público e a Secretaria de Defesa Social, pedir apoio e cobrar ações efetivas para que seja garantido o trabalho da imprensa e a integridade dos profissionais”, afirmou a presidente do Sindicato. Na reunião na OAB/AL, ela estava acompanhada dos diretores do Sindjornal Carlos Roberto, Paulo Omena e Élida Miranda.

Omar Coêlho disse que além de repudiar as ameças, a OAB cobrará as medidas de segurança necessárias. “Os discursos ameaçadores feitos por deputados estaduais, no caso da Niviane Rodrigues, e as informações de Ricardo Mota estaria sendo monitorado e de que haveria uma emboscada sendo preparada para o Thiago Gomes ameaçam não só a integridade dos profissionais, mas o livre exercício do jornalismo em nosso Estado”, afirmou Omar Coêlho.

Em relação à informação de que a ameaça feita a Thiago Gomes teria partido de um escritório de advocacia de Pernambuco denunciado em reportagem investigativa por envolvimento no chamado “golpe do salário maternidade”, Omar Coêlho afirmou que formalizará à OAB/PE um pedido de investigação contra o profissional envolvido. “Não se trata de um advogado, mas de um bandido travestido de advogado, que se age dessa forma, deve ser banido da advocacia”, disse.

Na próxima quinta-feira, às 10 horas, a OAB/AL acompanhará a audiência do Sindjornal com o procurador-geral de Justiça, Eduardo Tavares Mendes. O conselheiro seccional Gabriel Mousinho foi designado pelo presidente Omar Coêlho para representar a OAB/AL na audiência.

Fonte: Ascom OAB/Luiza Barreiros

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>